Pane Seca: o que é e quais são as consequências

Entenda nesse artigo o que é pane seca, quais problemas ela oferece e o que fazer nesse caso!

Você já ouviu falar em pane seca? Com o aumento dos combustíveis esse problema se tornou cada vez mais comum entre os condutores. Afinal, para economizar, muitos deles acabam colocando apenas uma quantidade suficiente de combustível para ir onde desejam.

Anúncios

Só que essa prática geralmente aumenta o risco de faltar combustível no veículo. O que por sua vez pode acarretar em muitos problemas, indo desde multas, até danos mecânicos.

Entenda melhor o que significa a pane seca de veículo e saiba como agir nessa situação e principalmente, como evita-la. Confira!

Pane seca o que significa?

A pane seca nada mais é que a falta de combustível no tanque que faz com que o veículo pare de funcionar. Nesse caso, as únicas soluções para o condutor é ter que chamar o guincho, empurrar o veículo ou ter que buscar combustível em um posto próximo.

Esse problema ocorre normalmente pela falta de atenção do motorista com o marcador de combustível no painel que acusa o nível de combustível baixo. Porém alguns casos pode ser que haja mal funcionamento nesse dispositivo e informações ineficazes.

Pane seca multa?

De acordo com o CTB – Código de Trânsito Brasileiro o condutor que atrapalhar ou obstruir a via pública e com isso prejudicar a segurança dos demais ocupantes da via por motivos de pane seca está cometendo uma infração passível de multa.

Receba as Melhores Oportunidades de Leilões diretamente no WhatsApp↴

A multa tem um valor de R$ 130,16 e a infração é de nível médio com punição de quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Quais os problemas mecânicos causados pela pane seca?

Ter o veículo imobilizado por conta de uma pane seca não é o único problema que esse tipo de situação gera. O condutor também pode receber multa e perder pontos na CNH.

Há também diversos problemas mecânicos futuros que podem surgir devido à pane seca no seu veículo. Portanto, se você vivenciou a situação e abasteceu o seu veículo de forma improvisada, é hora de ir a uma oficina mecânica checar alguns componentes.

É bem possível que a bomba de combustível tenha sido danificada. Este é um componente importante que leva o combustível para do tanque para o sistema de injeção. Quando não há combustível a lubrificação diminui e ela esquenta podendo queimar e se tornar ineficiente.

Outro problema possível é no filtro de combustível que acaba sendo sobrecarregado danificando o sistema de injeção por impurezas que ficam no fundo do tanque e acabam indo para a bomba.

Essas situações comprometem componentes que poderão vir a causar danos maiores no motor a longo prazo. Portanto, o ideal quando se passa por uma situação de pane seca é fazer uma manutenção e diminuir as chances de problemas maiores.

O que fazer?

Quando uma pane seca acontece, o que resta é buscar ajuda rebocando o carro até um posto de combustível próximo. Ou então buscar combustível e abastecer o carro onde ele parou.

Porém, ao fazer o transporte de combustível é preciso ter em mente que estamos lidando com uma substância inflamável. E que, portanto, é estritamente proibido fazer seu transporte de maneiras não segura, como em garrafas pet, por exemplo.

Há uma lei que proíbe andar com combustível em recipientes. Mas de acordo com o Inmetro é possível transportar combustível quando estiver nas seguintes condições de segurança:

  • O recipiente deve ter boa base de apoio para que não seja derrubado com facilidade.
  • O local onde irá transportar o combustível precisa ter uma tampa capaz de vedar o conteúdo impedindo vazamento na movimentação e transporte do mesmo.
  • O recipiente precisa ser translúcido para que não haja transbordamento ao encher o recipiente.
  • A boca do recipiente precisa ter um diâmetro maior do que o bico da bomba de combustível.

Procure não ter que passar por pane seca, mas caso aconteça, priorize a sua segurança transportando combustível de forma correta e realizando um check-up no seu veículo.

Fiat Scudo

Fiat Scudo: Conheça todos os detalhes

reservatório de partida a frio

O que é o reservatório de partida a frio e quando abastecê-lo