Como evitar o superaquecimento dos freios

Veja a seguir algumas dicas sobre como evitar o superaquecimento dos freios e evite prejuízos com seu veículo!

Anúncios

O superaquecimento dos freios é um problema recorrente de condutores que usam os freios com muita frequência. Desse modo, além de correr mais riscos de danos, também há uma queda de eficiência nessa parte do veículo.

Contudo, saiba que existe meios práticos de evitar o superaquecimento dos freios. Quer saber como?

Continue lendo esse artigo e entenda como evitar o superaquecimento dos freios. Assim, você não só preserva o desempenho e vida útil dos freios, como evita possíveis acidentes.

Como funcionam os freios?

Há vários sistemas de frenagem hoje em dia. Mas, no geral, esse sistema funciona pela conversão da pressão mecânica em hidráulica.

Para isso, ele faz uso de um circuito fechado de fluído de freio que vem desde o cilindro mestre. E se liga ao freio e pedal de frenagem até os cilindros e pinças que são ligadas as rodas.

A frenagem acontece quando o pedal é acionado e a pressão é transmitida ao cilindro mestre. Isso faz o servo ampliar a força aplicada e aliviar o esforço para repassar essa força ao fluído transformando-a em pressão hidráulica pelos pistões.

No entanto, a etapa final de comunicação com as rodas é diferente de acordo com cada tipo de freio. Lembrando que os freios podem ser à disco ou a tambor com tecnologias ABS, EBD ou ESC, por exemplo.

Como ocorre o superaquecimento dos freios e quais as consequências?

Os freios dependem muito do atrito dos discos e das pastilhas ou das lonas e dos tambores para funcionar com eficiência. Mas, esse atrito entre ambos gera calor e pode também prejudicar sua própria eficiência. Sobretudo quando o sistema atingir temperaturas mais elevadas.

Um dos problemas do superaquecimento dos freios ocorre quando o fluído dos freios não é trocado de forma periodicamente. Esse fluído aciona o sistema e precisa de manutenção a cada dois anos.

O fluído absorve a umidade acumulando gotículas de água que tendem a ferver com facilidade aquecendo o sistema. E ocasionando a perda de eficiência na frenagem. Por isso manter a manutenção freios em dia é fundamental.

Enquanto isso, nos modelos mais antigos que são equipados com tampos nas rodas dianteiras e nas rodas traseiras a perda da eficiência de frenagem é bem perceptível. E gera um risco considerável de ficar sem freios até que o sistema resfrie.

Nos carros mais novos há uma confiança maior nesse aspecto pois a evolução dos sistemas de frenagem e dos componentes e materiais utilizados diminuem as chances de ficar sem freios ficando apenas comprometida a frenagem em situações extremas de condução inaquedada.

Como reduzir o superaquecimento dos freios?

A melhor maneira de evitar e reduzir o superaquecimento dos freios é não usa-lo de forma consecutiva. Ou seja, o ideal é que evite aciona-lo várias vezes em descidas longas.

Procure também manter uma distância segura de outros veículos. E, sempre que possível, engate uma marcha de relação mais curta para que seja proveitoso o freio-motor. E, assim, o carro não alcance velocidades maiores em descidas.

Utilizar o freio-motor, ou seja, manter o veículo engatado, reduz o esforço sobre os freios. O que diminui as chances de superaquecer, já que o freio-motor segura o carro nas descidas.

Utilizar desse método permite que os freios aproveitem melhor o fluxo de ar provocado pelo movimento do veículo para resfriar os componentes do sistema de frenagem.

Outra maneira de diminuir as chances de superaquecer os componentes dos freios é dirigir de maneira mais suave. Ou seja, acelerar e frear o veículo de forma progressiva sem exigir demais e de forma súbita do veículo.

Esses comportamentos além de evitar o superaquecimento dos sistemas de frenagem, ajudam a prolongar a vida útil dos componentes dos freios evitando manutenções de emergência e economizando também em gasto de combustível.

Agora que você já sabe da importância de dirigir com maior consciência sobre o sistema de frenagem, assim como os danos que o superaquecimento dos freios pode causar e como evitar essa situação, não deixe de praticar uma direção mais segura.

Nissan

Nissan: Conheça os principais modelos da montadora

Citroen

Citroen: Conheça os principais modelos da marca