O fim de uma era: Volksvagen gol sairá de linha

Confira todos os detalhes sobre o fim de uma era do Volksvagen gol!

Anúncios

Mais de 40 anos na estrada e um ícone das ruas brasileiras está dizendo adeus em 2022. Isso mesmo, o Volksvagen Gol depois de anos sendo produzido sairá de linha antes de 2023.

Saiba porque a era Volksvagen Gol chegará ao fim e o quais veículos entrarão como seus substitutos.

Por que o ícone da Volks está saindo de linha?

O ícone deixará de existir em 2022 e a informação foi repassa pelo próprio presidente da marca, Pablo Di Si. O Volksvagen Gol já vinha tendo dificuldades de se enquadrar nas novas legislações. E por conta disso terá sua era findada antes do novo ano começar.

Até houve um investimento para que o Volksvagen Gol se adequasse as novas regras da fase L7 do Proconve. Mas mesmo com a comercialização alta vendendo mais de 100 mil unidades só em 2021 houve congelamento de produção e a família Volks dará adeus ao modelo.

Quando o modelo sairá de linha?

A probabilidade é que o Gol saia de linha antes do início de 2023, ainda sendo produzido em menor escala no ano de 2022. E junto dele seu irmão Sedan Voyage também vai dizer adeus ao mercado nacional.

Isso quer dizer que até o último trimestre de 2023 pode ser que ainda haja produção. Mas as legislações para 2024 serão muito mais rígidas e acabarão por impedir suas vendas.

Motivos para o Gol sair de linha

Embora o ícone da Volks seja sucesso em vendas há mais de 40 anos de produção, tem seus motivos para dizer adeus e abrir espaço para novas estratégias. Listamos abaixo alguns dos motivos que pesam na hora dessa decisão pela marca, veja:

  1. O projeto do Gol é antigo demais – O carro vive a mesma geração desde 2008. O que acaba por impor limitações técnicas em ergonomia, espaço interno e atualizações de enquadramento de legislações vigentes. Seu motor 1.6 8V de 104 cv inclusive deixou de ser fabricado no final de 2021 por conta das novas regras de emissão da Proconve L7.
  2. Falta de equipamentos de segurança – Mesmo após atualizações e reestilização do Gol não houve como adotar um maior controle de estabilidade sendo que essa é uma ação obrigatória nos novos carros.
  3. Carros compactos estão ficando caros – A concorrência está acirrada, portanto, investir nessa linha é algo que não está valendo a pena nos ultimos anos.
  4. O mercado brasileiro quer SUVs – É uma verdade atual, o mercado de SUVs vem crescendo. E via difícil manter a concorrência da nova geração com um carro já um tanto ultrapassado.

Quem virá para substituir o Volksvagen Gol?

Os nomes que virão para substituir o ícone da Volks são o Polo e Virtus, sendo ambos carros de entrada da marca. Mas como dois carros maiores e um tanto mais caros vão substituir versões menores e mais baratas?

A verdade é que aí está o pulo do gato da Volks que adotará estratégias distintas para substituir seus ícones veteranos divulgando uma versão mais barata do Polo no segmento de sedãs populares.

Com detalhes sutis e uma pegada aventureira na carroceria o Volkswagen Polo manterá o motor 1.0 de 3 cilindros e entrega de até 84 cv. Mas deixará alguns detalhes para trás como o volante multifuncional e os vidros elétricos nas portas traseiras deixando o carro com um valor mais próximo da oferta do Gol 1.0 atual.

Quanto ao Voyage, a estratégia se baseará em simplificar o Volkswagen Virtus oferecento um produto maior, assim como moderno, mais espaçoso e que custe ao consumidor final o valor de um Voyage.

Aos fãs da dupla imbatível da Volks essa é a hora de dizer tchau aos dois modelos, mas sem tristeza, pois a marca trás em substituição duas novas versões mais imponentes, tecnológicas e melhoradas aos seus clientes.

Cardiff Seguro Auto

Cardiff Seguro Auto: Conheça e descubra se vale a pena

webleilões

WebLeilões: Saiba como participar