Parcela amiga: O serviço que renegocia a dívida do seu financiamento

Confira nesse artigo todos os detalhes sobre a Parcela Amiga e descubra se este serviço é confiável!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fez um financiamento e agora não está mais conseguindo quitar com suas parcelas? Saiba que é possível renegociar a dívida e a Parcela Amiga pode te ajudar a resolver esse probleminha. Mas será que dá para confiar nessa empresa?

Saiba como renegociar sua dívida com a Parcela Amiga, além de entender como esse processo funciona e saber se é confiável ou não aderir.

O que é Parcela Amiga?

A Parcela Amiga é uma empresa de renegociação de dívidas que faz a conciliação com uma instituição financeira e o cliente que está em dívida. Por meio dos seus serviços, ela ajuda a sanar as dificuldades de pagamento de parcelas advindas de financiamentos de veículos.

Ou seja, faz uma concordância com o cliente e se encarrega do processo de negociação extrajudicial com a instituição credora. Mesmo que já haja um mandado de busca e apreensão do carro.

Como funciona?

A Parcela Amiga funciona renegociando entre as partes com a ajuda de toda uma equipe de colaboradores com experiência nessas negociações.

Essa equipe irá fechar um acordo ao analisar o contrato firmado, onde seja possível quitar os valores em contrato de uma maneira mais acessível para o cliente, readequando em função das cláusulas ilegais, assim como cobranças de taxas abusivas.

A renegociação por parte da empresa tem um prazo que costuma variar de 6 a 24 meses. Mas em grande parte é feita dentro de 12 meses atuando somente em âmbito nacional.

O que é avaliado na renegociação da Parcela Amiga?

De modo geral, a Parcela Amiga atua com quatro serviços, são eles:

  1. Analisar o contrato do cliente com a empresa – Buscar de forma detalhada, no contrato firmado entre o cliente e a empresa, taxas ou juros abusivos, bem como cobranças irregulares no contrato.
  2. Notificar aos credores – Enviar uma notificação aos credores após analisar e fechar o contrato informando que o processo agora está a cargo da equipe e que os questionamentos sobre taxas ou juros abusivos, assim como cobranças ilegais do contrato.
  3. Negociação – É a fase para realizar a renegociação com o credor procurando buscar maneiras melhores de quitar as dívidas com uma proposta mais justa que agrade o cliente.
  4. Regularização – Por fim, essa é a parte em que a renegociação é feita e há a quitação da dívida com o banco para que o cliente se livre dos juros abusivos e consiga dar a volta por cima com o seu financiamento.

Qual a garantia de que o contrato será pago?

A Parcela Amiga tem compromisso e responsabilidade com seus clientes garantindo que a negociação e quitação será realizada com êxito baseada nos seus três pilares denominados pilares G3.

  • G1 – Garantia de compromisso na resolução da solicitação.
  • O G2 – Garantia de segurança durante todo o processo.
  • G 3 – Garantia na transparência durante toda a negociação.

O que é preciso para pagar o contrato pela Parcela Amiga?

Para pagar o contrato é necessário aguardar o tempo do período informado para que a negociação seja feita. Além disso, também é preciso manter seus depósitos com a finalidade de acumular os valores de quitação.

Lembrando que o contrato não vai ser quitado se não realizar os depósitos. E não pode haver atrasos ou inadimplência.

Parcela Amiga Reclame Aqui

Um dos sites que afirma a confiabilidade e segurança de fazer negócios através de um portal de consumidores que expõe suas análises e opiniões sobre as mais diversas empresas e serviços é o site do Reclame Aqui.

No entanto, não há informações relevantes sobre no site que possam dizer qualquer coisa.

Portanto, estas são as principais informações sobre a Parcela Amiga, o serviço que faz a renegociação de financiamentos. Ficou com alguma dúvida? Entre no site oficial da Parcela Amiga e saiba mais!

Saiba quando trocar a pastilha de freio do seu carro

O que são consórcios

O que são consórcios, e quais as principais opções do mercado