O que é Recall?

Veja agora todos os detalhes sobre o que é Recall e como agir diante dessa situação!

Receber um alerta sobre problemas de fábrica no seu carro e ter que levá-lo ao fornecedor é uma situação complicada. Mas acredite, ela acontece com uma frequência bem maior do que imagina.

Anúncios

No ano de 2017 aconteceu um Recall Chevrolet quando a marca anunciou que mais de 160 mil unidades do Chevrolet Spin corriam riscos de incêndio. E, assim como aconteceu com a Chevrolet, pode ocorrer com qualquer fornecedor ou veículo.

Acompanhe esse artigo e compreenda melhor o que é Recall de veículo e como agir nessas situações.

O que é Recall?

Afinal, recall o que é? Do que se trata exatamente? Se esta também é sua dúvida, saiba que o termo Recall significado em tradução livre é uma “chamada de volta”.

Na prática, ele significa que um veículo possui algum defeito de fábrica que oferece riscos à segurança. E, portanto, necessita voltar ao fornecedor para avaliações.

Este procedimento pode se aplicar aos mais variados tipos de mercadorias. No entanto, é mais comum vê-lo ocorrendo no ramo de veículos.

Um ponto importante é que caso haja uma convocação por meio dos fornecedores, o proprietário precisa levar com urgência o seu veículo para análise e reparo evitando futuros problemas que comprometam a segurança e integridade do veículo.

O que é Recall: como funciona?


O Recall é um procedimento previsto no Código de Defesa do Consumidor, mais especificamente no artigo 10 da lei federal 8.078/90.

Segundo esta Lei, o fornecedor não pode colocar um produto ou serviço no mercado que sabe que pode apresentar um alto risco de perigo a saúde ou segurança do consumidor.

Nesse tipo de situação, cabe ao fornecedor comunicar o consumidor, através de anúncios publicitários, sobre o risco em potencial. E que, portanto, existe a necessidade de fazer este procedimento no veículo. A comunicação pode ser feita pela mídia usando de artifícios como internet, rádio, jornais ou televisão.

Também vale ressaltar que os Recalls são feitos por oficinas autorizadas não gerando custos para os proprietários de veículos. Inclusive, existem opções de Recalls voluntários (Recall Branco) em que o fornecedor não tem a obrigação de realizar o reparo caso não apresente riscos à vida dos utilizadores do veículo nem a vida de terceiros.

Como consulto se meu veículo precisa de Recall?

Saber se um veículo necessita ou não deste procedimento não é muito difícil. Mas é preciso entrar em contato com o fornecedor do veículo no site do fabricante ou diretamente na concessionária.

Alguns exemplos de páginas que oferecem os serviços conforme as marcas são:

  • Recall Honda – Serviço neste link.
  • O Recall Fiat – Serviço neste link.
  • Recall Toyota – Serviço neste link.
  • O Recall Chevrolet – Serviço neste link.
  • Recall Ford – Serviço neste link.

Outro site para consultar é o site da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon). A consulta é feita através do sistema digital de Recalls que informa as campanhas ao DPDC desde o ano de 2002.

No site da Senacon é possível localizar o Recall referente ao veículo pesquisado com todas as informações necessárias. Desde o período de fabricação, até os lotes que foram afetados pela falha ou problema, a data do comunicado, o aviso de risco e outras mais.

Mais um site que disponibiliza as informações sobre os Recalls de veículos é o portal do Departamento Nacional de Trânsito.

No site do Denatran é possível saber se o veículo foi solicitado para Recall. E, com isso, verificar se o veículo usado que adquiriu ou pretende adquirir, passou pelo Recall ou então deixou de ser reavaliado.

Prazos

A obrigação do proprietário é, assim que receber o aviso, realizar o procedimento com o fornecedor se dirigindo ao local para reparo ou então troca do defeito ou problema.

Quanto aos prazos, eles não existem, ou seja, até que se elimine o risco 100% os Recalls podem ser feitos.

Portanto, agora que já sabe o que é Recall fique atento aos avisos e não deixe de consultar e verificar se o veículo passou por algum procedimento desse tipo!

quantos pontos perde a cnh

Com quantos pontos perde a CNH?

carros sedan

Carros Sedan: Conheça os principais modelos