5 opções de motos para rodar na cidade

Confira a seguir quais são as opções de motos para rodar na cidade mais procurados do mercado!

Se você é um amante das motocicletas sabe que elas são especialmente úteis no dia a dia. Elas oferecem mais agilidade no trânsito e ainda são econômicas para abastecer.

Mas, antes de ir até uma concessionária comprar uma moto, é interessante analisar o que o mercado oferece nesse segmento. Até mesmo para garantir a escolha certa e evitar frustrações no futuro.

Pensando nisso, nesse artigo, separamos alguns modelos de moto para rodar na cidade que você precisa conhecer. São modelos versáteis, modernos e super indicados para quem busca praticidade e segurança na hora de rodar pelas vias urbanas. Confira!

1. Motos para rodar na cidade – Yamaha Fazer 250

Abrindo essa lista das melhores motos para cidade está a Yamaha Fazer 250. Amada por muitos, a Fazer 250 já está em sua terceira geração. E nessa, o modelo possui cilindro revestido de cerâmica para não esquentar a área das pernas entregando um alto grau de conforto.

No geral, esse modelo tem uma leva de fãs brasileiros. Não apenas por ser uma das melhores motos para cidade e viagem. Mas por sua economia de combustível mesmo diante de um porte grande. E também por seus freios ABS e a disco com rodas e banco de dois níveis que também chamam atenção.

Por isso, se está buscando uma motocicleta que entrega conforto, praticidade e muito estilo, a Fazer 150 da Yamaha é uma boa opção.

Receba as Melhores Oportunidades de Leilões diretamente no WhatsApp↴

2. Kawasaki Versys-X 300

Se você quer uma moto para qualquer momento, com certeza a Kawasaki Versys-X 300 é uma das melhores motos para cidade e estrada que você pode escolher. Inclusive ela foi um dos grandes destaques do Salão de Milão de 2022 com o modelo Versys 650.

O modelo que está à venda no Brasil é o Versys-X 300. Isso porque o Versys 650 ainda não chegou em nosso país. Atualmente você pode encontrar a Kawasaki VersysX300 com preços a partir dos R$ 47 mil.

E o maior destaque dessa moto vai para os ótimos equipamentos de série, inclusive para o indicador de marcha e o indicador de pilotagem econômica.

3. Motos para rodar na cidade – Honda XRE 300

Em terceiro lugar na lista das motos para cidade e estrada temos Honda XRE 300 que chegou logo após a finalização da Tornado 250 ali pelo ano de 2008. O modelo tem extrema modernidade e conforto e se destaca por suas particularidades.

Uma curiosidade sobre a motocicleta é que ela exige uma altura mínima de 1,70m do piloto. Isso porque é um tanto robusta, se destaca pelo motor 300 cilindradas, ótima mecânica, suspensão suave, torque de arrancada bom e reestilização impecável.

4. Royal Enfield Himalayan

Em quarto lugar nas melhores motos para rodar na cidade está a Royal Enfiel Himalayan, uma das mais surpreendentes motos já lançadas no mercado brasileiro. Principalmente por apresentar um motor de 411 cm³ acompanhada de um estilo retrô que conquista corações.

O modelo da marca indiana tem um visual clássico e é refém do amor e ódio dos consumidores. Mas não dá para negar que é uma das melhores opções de motos para cidade e estrada. Sobretudo por seu movimento dentro da cidade e pela sua velocidade nas estradas.

5. BMW G310 GS                        

Finalizando a nossa lista de melhores motos para cidade com a BMW G310 GS, a motocicleta produzida pela marca alemã é um dos modelos mais vendidos da marca e uma ótima opção para o perímetro urbano.

A linha 2021 recebeu algumas novidades e inclusive, seu visual foi renovado com destaque para faróis de LED e luzes de condução diurna, pinças de freio douradas, rodas de liga leve e muito mais. É uma opção bastante completa!

Esses são só alguns modelos incríveis de motos para cidade e estrada que podem conquistar seu coração e se fazerem úteis diante das estradas e do perímetro urbano. Entre nossas opções, qual foi sua favorita? Escolha já a sua e garanta uma ótima experiência sob duas rodas na cidade.

JAC IEV1200t

Conheça o IEV1200t o caminhão elétrico da JAC Motors

consórcio yamaha

Consórcio Yamaha Vale a pena?