Compartilhamento de carros é o futuro da mobilidade urbana

Veja nesse artigo mais detalhes sobre o compartilhamento de carros.

O modo como as pessoas se deslocam vem mudando constantemente. Muitas tecnologias e avanços estão acontecendo na mobilidade urbana. E uma inovação que não poderíamos deixar de mencionar pelo sucesso que vem fazendo é o compartilhamento de carros.

Anúncios

Este é uma opção de deslocamento que vem se destacando no olhar do consumidor que busca por uma maior flexibilidade ao se locomover.

Entenda melhor o que é o compartilhamento de carros e como essa tendência vem ganhando força no mundo.

O que é o compartilhamento de veículos?

O compartilhamento de carros é uma forma mais flexível que vem ganhando espaço no mercado e nas ruas dando maior mobilidade. E modificando a percepção do consumidor quanto a sua própria mobilidade individual, não atrelando ela somente a aquisição de um veículo, mas a um serviço.

O compartilhamento de carros vem se tornando tendência e surgindo como um serviço de conectividade que busca garantir opções mais flexíveis e eficientes em sistemas de deslocamento através de plataformas, aplicativos, assim como serviços.

A proposta é facilitar a mobilidade urbana num tipo de economia compartilhada que tem seus benefícios. Já que em grande parte os veículos particulares ficam parados em 95% do tempo podendo aumentar a eficiência do automóvel.

Receba as Melhores Oportunidades de Leilões diretamente no WhatsApp↴

O compartilhamento de carros no Brasil e no mundo

Embora seja uma tendência crescente e em evolução ainda existem muitas barreiras quanto a mobilidade por compartilhamento de carros e se espera que apenas uma parcela da população seja compactuante dos serviços.

Uma pesquisa de 2017 da MCKinsey revelou que 67% dos entrevistados nos Estados Unidos ainda preferem dirigir seus próprios carros. Já 63% não tem interesse em trocas seus veículos por viagens de mobilidade compartilhada, mesmo que gratuitas.

No Brasil, o pensamento dos consumidores é bem parecido, já que para o brasileiro comprar seu carro próprio é significado de realização de sonhos.

Mesmo sendo notório o crescimento da mobilidade por compartilhamento de veículos em aplicativos e demais plataformas como a Uber, por exemplo, por conta de transporte público de baixa qualidade, falta de segurança, o alto custo para aquisição de veículos, entre outros problemas o percentual de adeptos ainda não é alto.

Aplicativo compartilhamento de carros: Mobile Time e outros que fazem a diferença

Já deu para perceber que o compartilhamento de veículos para mobilidade urbana no mundo todo teve sua importância e um dos app compartilhamento de carros que se destaca nesses serviços é o Mobile Time.

Com ele é possível abrir a porta do carro pelo app, ver os gastos de gasolina, quanto andou o veículo, pagar pelos serviços e mais do que ter tudo na palma da mão. O Mobile Time anda junto com a ideia de compartilhamento de carros decretando o fim do desejo pela aquisição de um automóvel.

Mesmo na pandemia houve grande crescimento de adeptos do compartilhamento de veículos e as vantagens são muitas além de ajudar na sustentabilidade do planeta reduzindo a emissão de CO2, o trânsito nas cidades, assim como reforçar a cultura de coletividade e zelo pelo que é de “todos”.

Um modelo de compartilhamento de carros é o business-to-peer (B2P) em que o usuário paga um valor de adesão para ter acesso ao veículo quando desejar podendo optar pelo sistema de aluguel por hora. No Brasil a Zazcar de São Paulo foi a primeira atuante no mercado a aderir ao serviço.

O modelo P2P que conecta passageiros e motoristas é outro modo de compartilhamento de carros que já é frequente no mundo. Se iniciando em 2009 com a presença marcada do Uber nos mais diversos países.

A verdade é que já há diversos aplicativos, empresas e plataformas focadas na mobilidade compartilhada. E a tendência é evoluir, já que além de carros é possível ver acontecer no compartilhamento de bicicletas, patinetes e outros.

Moove

Moove: Conheça mais uma opção para a assinatura de carros

câmbio CVT

Como funciona o câmbio CVT?