O que é Carreta Reboque e quais os documentos necessários para utilizá-la

Veja nesse artigo mais detalhes sobre o que é carreta reboque e como usar esse recurso no seu veículo!

Utilizada para transporte de volumes que vão além da capacidade do porta-malas a carreta reboque se faz muito útil em várias ocasiões.

Mas você sabe qual a legislação para utilização desse recurso em veículos? Ou então quais os documentos o Código de Trânsito Brasileiro exige para poder rodar com a carreta rebque?

A carreta para reboque é uma “mão na roda” em muitas ocasiões, mas há leis específicas sobre o seu uso. E quando não cumpridas podem acarretar em multas e até perda ou retenção da CNH.

Saiba como legalizar carretinha reboque e andar com ela dentro dos conformes estabelecidos pela legislação!

Quem pode dirigir com carreta reboque?

Para dirigir com uma carretinha é preciso instalar o veículo e se adequar as normas e leis estabelecidas pelo Código de Trânsito Brasileiro, certificando-se que o veículo em que terá o engate instalado possa receber o equipamento.

Ou seja, é preciso conferir o manual do fabricante do veículo, conferindo se os pontos de fixação e capacidade de tração máxima suportam o peso extra.

Receba as Melhores Oportunidades de Leilões diretamente no WhatsApp↴

Além disso, é preciso ter CNH – Carteira Nacional de Habilitação na categoria B não excedendo o peso bruto total de 3.500 kg. Se o peso exceder é preciso CNH com categoria C que permite transporte de até 6 mil kg.

Como fazer o registro?

Para rodar com uma carreta reboque é preciso fazer o seu registro no departamento de trânsito apresentando uma série de documentos que passam a valer após a emissão da nota fiscal do reboque e tem prazo de 30 dias.

Lembrando que a solicitação desse registro pode ser feita somente proprietário do veículo, procurador do proprietário, parente próximo ou representante legal da pessoa jurídica.

Documentos para o registro da carreta reboque para carros:

  • Nota fiscal do fabricante original + cópia simples.
  • RG e CPF original + cópia simples.
  • Comprovante de endereço com data dos últimos 3 meses original + cópia simples.
  • Decalque do número do chassi original.
  • Comprovante de pagamento de tributos, multas ou encargos pendentes original + cópia simples.
  • Duas vias originais do formulário RENAVAM preenchido.

Após iniciar o registro com a apresentação dos documentos, é preciso definir o número da placa do veículo, emitir a via de pagamento do licenciamento e efetuar o pagamento. Em seguida, é preciso agendar o emplacamento e buscar o CRV e CRLV do reboque, assim como é feito com os carros.

Outro ponto é que a expedição de um novo CRV – Certificado de Registro de Veículo só precisa ser feita quando houve transferência de propriedade, mudança de município ou tiver alteração das características do veículo.

Além disso, para os proprietários de qualquer tipo de carreta reboque é obrigatório o pagamento do seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) e do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Equipamentos obrigatórios

A Resolução de número 14 do Contran permite circular em vias públicas reboques e semirreboques que estejam devidamente equipados conforme a relação de itens abaixo, todos em condição de funcionamento adequadas:

  • Para-choque traseiro.
  • Protetor de roda traseiro.
  • Lanterna de posição traseira de cor vermelha.
  • Freios de estacionamento e de serviço que tenha comando independente para veículos com capacidade acima de 750 kg e produzidos depois de 1997.
  • Luz de freio de cor vermelha.
  • Iluminação de placa traseira.
  • Lanterna indicadora de direção em cor âmbar ou vermelha.
  • Pneus em condições mínimas de segurança.
  • Lanterna delimitadora e lateral conforme exigência de suas dimensões.

Carreta reboque preço

As carreta reboque podem ser encontradas em diversos tamanhos, formatos e valores. As de apenas um eixo e laterais de madeira, por exemplo, podem custar de R$ 2.800 a R$ 3.500.

Já modelos mais caros e complexos para transportes específicos normalmente partes dos R$ 3.500, como por exemplo, as carretinhas trucadas que tem dois eixos que tendem a custar mais de R$ 5 mil.

Portanto, agora já sabe o que é carreta reboque e quais documentos e protocolos são necessários para legalizar seu uso. Então, caso tenha interesse em usar esse recurso no seu veiculo, procure os órgãos responsáveis e regularize sua situação!

Honda HRV EXL

Novo Honda HRV EXL: Confira a ficha completa

Leilão TJSP

Leilão TJSP: Conheça o leilão de carros tribunal de justiça sp