Airbag de Carros: Descubra Tudo Sobre este Item de Segurança

Entenda como funciona e como o airbag pode salvar vidas

Há alguns anos, quando ouvíamos falar em airbags, pensávamos que fosse um item de luxo em um carro.

Anúncios

Porém, a eficiência e segurança que ele oferece vem mostrando cada vez mais que o objeto é essencial e pode salvar vidas.

Em 2014, o airbag tornou-se um item obrigatório para todos os carros fabricados a partir daquele ano, medida que já era prevista desde 2009 pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). 

Um estudo realizado pelo Centro de Experimentação e Segurança Viária, em 2008, mostrou que caso todos os automóveis que estiveram envolvidos em acidentes possuíssem Airbag, mais de 3,4 mil vidas poderiam ter sido salvas durante o período de 2001 a 2007.

Saiba agora todos os detalhes sobre o funcionamento do airbag de carros.

O que é o airbag?

O Airbag é uma bolsa de ar que infla em caso de batida forte e oferece segurança aos passageiros do veículo, para que os mesmos não batam em outras partes do carro e fiquem no centro, envoltos pela bolha de ar.

Após um forte impacto no veículo, ocorre a explosão de um composto químico que rapidamente infla o material do airbag, que evita que a pessoa choque-se contra partes do veículo. Isso evita que os passageiros tenham danos físicos graves ou até mesmo que sejam arremessados para fora do carro.

O Airbag foi desenvolvido para ser acionado apenas no caso de o carro se envolver em acidentes mais graves, com impactos fortes.

No caso de batidas mais leves, o cinto de segurança é capaz de oferecer segurança, contendo a projeção dos ocupantes do carro e evitando que eles sofram ferimentos sérios.

Tipos de airbags disponíveis

O único modelo de airbag obrigatório segundo a legislação Brasileira é o frontal. Contudo, o mercado automobilístico oferece outros tipos, levando proteção a todos os ocupantes do veículo. 

Airbag frontal: Esse modelo oferece proteção ao motorista e ao passageiro ocupante do banco de frete. Uma bolsa de ar é instalada no volante e a outra no painel, acima do porta-luvas, à frente do passageiro.

Airbag central: Este fica localizado entre os bancos da frente e o objetivo é criar uma barreira entre os ocupantes do veículo, evitando o choque entre eles. 

Airbag lateral: Pode ficar na coluna central do veículo ou nos bancos, e protege o tronco dos seus ocupantes. Alguns, mais alongados, conseguem criar uma barreira de proteção inclusive para a cabeça.

Airbag cortina: Leva este nome pois funciona como uma espécie de cortina, que funciona nas duas laterais dos veículos, na região das janelas. O objetivo é criar uma proteção contra impactos que afetam principalmente a lateral do veículo.

Airbag de teto: Esse modelo é indicado para carros que possuem teto solar, assim, em caso de forte colisão, o airbag evita que os passageiros sejam atingidos por cacos de vidro ou até mesmo que sejam arremessados para fora do veículo.

Airbag de joelho: Apesar de ainda não ser muito usado, o airbag de joelho oferece proteção aos membros inferiores do motorista, impedindo que o mesmo se choque contra a coluna de direção do veículo.

Airbag traseiro: Fica localizado nas janelas traseiras e costuma ser acionado em colisões por trás. Este modelo oferece segurança para os passageiros, protegendo a região da cabeça dos ocupantes da parte retaguarda do veículo.

Airbag de capô: Esse modelo foi pensado para a proteção de pedestres, em caso de atropelamento. O airbag diminui a colisão com o capô e com o vidro dianteiro.

O airbag só funciona se os passageiros estiverem usando cinto de segurança?

Antes de qualquer coisa é preciso compreender a importância do cinto de segurança e a obrigatoriedade do seu uso.

Em caso de acidentes, motoristas e passageiros que estiverem usando o cinto correm menos risco de vida ou de graves lesões, do que ocupantes que estiverem sem cinto de segurança.

Contudo, o uso do cinto de segurança não influencia o acionamento do airbag em caso de colisão

Se o veículo sofrer um forte impacto, o (os) airbag será acionado, fazendo uma camada de proteção entre o motorista e as ferragens e vidros do veículo. 

Mas, motoristas e passageiros que estiverem usando o cinto de segurança conforme determina a legislação, estarão ainda mais seguros e poderão sair do acidente sem ferimentos graves.

O que é Higienização de Ar Condicionado Automotivo?

Como Financiar um Veículo Mesmo com Nome Sujo?